• Grupo M.Ã.E

Entenda a diferença entre o empreendedorismo e o empreendedorismo materno

Por que é tão importante saber diferenciar o empreender do empreender materno?


Se você buscar por empreendedorismo feminino, por exemplo, você encontrará uma série de mulheres, principalmente mais jovens, nativas desse ambiente online, com uma ânsia grande de fazer negócios sendo estruturados em cima do resultado financeiro, que é a realidade delas. Você vai ver bastante empreendedora trabalhando madrugada adentro porque, no dia seguinte, tem flexibilidade de fazer sua aula de yoga e tomar café no Starbucks tranquilamente.


Já no empreendedorismo materno, a realidade é de uma mulher que quer empreender. porque vem de uma carreira produtiva e, na imensa maioria das vezes, tem uma formação e uma graduação. Mas, ao passar pela maternidade, opta por um caminho diferente. Então o que percebemos é uma mulher vindo de performances bem sucedidas dentro da carreira, mas no momento que tem filhos, na hora de colocar esse empreendedorismo pra jogo, não vem com essa mesma força que vem a jovem empreendedora. A mulher mãe não tem essa liberdade de trabalhar uma madrugada inteira e no dia seguinte acordar as 10h, seguindo ali aquele “work hard, play hard”.


No empreendedorismo materno, o que a gente enxerga é um cenário empreendedor de pequenos negócios, de mulheres que se habituam a ter resultados pequenos, pois não conseguem ver dentro da rotina delas essa realidade de trabalhar muito e depois descansar. Você meio que trabalha nos intervalos, vai fazendo o seu negócio acontecer enquanto todo o resto da sua vida está acontecendo também. É essa a realidade no Brasil, uma realidade de mães empreendedoras com subnegócios. Não vemos, por exemplo, mães empreendedoras despontando, fazendo sucesso, ganhando milhões, isso não é comum.


E foi tudo isso, toda essa realidade particular de uma mãe empreendedora, que nos fez repensar o mindset do empreendedorismo materno de hoje e encontrar o meio do caminho, uma proposta de valor que respeite a rotina dessa mãe, mas que também dê a ela sua liberdade financeira. Nós o chamamos de O NOVO EMPREENDEDORISMO MATERNO. Vem com a gente!