• Grupo M.Ã.E

Mãe: a profissão capaz de mudar o mundo


Ser mãe é ter nas mãos uma grande responsabilidade com futuro da humanidade, é sobre ser tutora de um novo ser humano que contribuirá para a (TRANS)FORMAÇÃO da nossa sociedade.

Ser mãe é ter a missão de desenvolver indivíduos que engrossem o time do bem!

O time da verdade, da ética, da empatia, da criatividade, do cuidado com o planeta. O time do AMOR!

Ser mãe é ter a chance de dar vida aos seus VALORES.

Ser mãe exige dedicação intensa, atenção redobrada, exige estudo, acompanhamento, participação ativa, olhar atento, carinho incondicional, interesse genuíno.

E tudo isso exige TEMPO.

Na contramão do bom senso, hoje, quando uma mulher se torna mãe ela perde coisas, quando deveria ganhar. Ela perde o emprego, perde oportunidades, perde promoções, ela perde espaço na sociedade, perde o poder de escolha e perde também o direito de ser escolhida.

Sobra muito POUCO para essa mulher fora de casa. É hora de adequar o ângulo, mudar o ponto de vista, deixar de lado um modelo cultural velho e ultrapassado.

É tempo de ter a vida que te faz feliz e de mandar a merda os padrões sem sentido! Deixem que ela decida com quanto quer viver.

Deixem que ela decida com o que quer trabalhar.


É possível ser mãe e trabalhar. O empreendedorismo materno é uma alternativa possível. Ser mãe empreendedora não é fácil, mas é para todas que buscam conciliar trabalho e maternidade de forma saudável.


Trecho do Livro “Mãe a profissão capaz de mudar o mundo” Por Carmem Madrilis e Lia Castro